domingo, 11 de julho de 2010

Ingerência política na TV Cultura



Não é novidade pra gente que trabalha nos veículos de comunicação do Brasil. Mais do que uma mudança administrativa, somos tomados de "não tão surpresa", do afastamento do jornalista  Gabriel Priolli, da direção do jornalismo TV Cultura. Se não bastasse o afastamento de Heródoto Barbeiro, pelo mesmo motivo .



Dizem as boas línguas que isso se deu por conta de uma matéria que estaria sendo feita a respeito dos pedágios que assaltam o bolso dos paulistas. Orquestrado por ninguém menos por aqueles que ainda não apinharam do Palácio dos Bandeirantes. Na matéria foram ouvidos os dois pricipais candidatos ao governo do Estado Geraldo Alckmin e Aloísio Mercadante. Segundo a versão do responsável pelo afastamento de Priolli, Fernando Vieira de Mello, vice presidente de conteúdo da emissora, é por quê a matéria ainda não estaria pronta. Versão que não bate pelo téte a téte que há nos corredores da emissora. E que vazou. Segundo informações de DANIELA LIMA, na Folha de S. Paulo, via Stanley Burburinho, o "PT-SP vai solicitar ao Ministério Público Eleitoral que faça uma apuração “rigorosa” sobre o afastamento do jornalista Gabriel Priolli da direção de jornalismo da TV Cultura. 

Será que alguém duvida das informações acima?

Nenhum comentário: