sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Rumores de tentativa de golpe na Bolívia


Com preocupação tenho acompanhado as notícias que vem da Bolívia. Mesmo com um referendo de quase 70% dos votos, o presidente da Bolívia Evo Morales continua sendo atacado politicamente em seu país pela elite reacionária que detém o poder em alguns Estados da Bolívia.

Ainda do blog do Mello;

Em notícia publicada nesta madrugada, a Agencia Boliviana de Informacion informa que o presidente Evo Morales já está em La Paz.
Morales emprendió retorno a La Paz cerca de las 22.30 desde
el aeropuerto de la población brasileña de Guajaramerin, cuya pista es asfaltada
y cuenta con iluminación para operaciones aéreas nocturnas. Fue trasladado desde Cachuela Esperanza a esa terminal aérea a bordo de un helicóptero. El Jefe de
Estado abordó la aeronave FAB 026 y utilizó esa pista por razones de seguridad,
ya que en la pista de Bella Vista, población cercana a Cachuela Esperanza, no
cuenta con iluminación ni es asfaltada.
Como na informação do Itamaraty, não há confirmação ou desmentido do golpe de Estado. Mas o fato é que Evo verdadeiramente pediu ajuda às autoridades brasileiras, por estar ilhado em Beni, como confirma a notícia da ABI. Porque estava escuro, é a explicação oficial. Porque o aeroporto foi bloqueado por opositores, é a informação que me foi passada. E a mais próxima da verdade, para qualquer um que venha acompanhando a tentativa da direita racista boliviana de retirar aquele que consideram “índio de mierda” do poder. Mas o golpe segue em marcha. Mesmo com o referendo tendo apontado uma aprovação de 67% do governo Evo Morales. Curiosamente, o mesmo número da votação do presidente Lula. O que acontece na Bolívia, se transportado para o Brasil, seria como se os eleitores de Alckmin ou Serra quisessem derrubar Lula na marra e não apenas via mídia corporativa, juízes e advogados golpistas, como habitualmente.

Nenhum comentário: