segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Em Araçatuba deu 13


Minha cidade acorda feliz. Com esperança e muita vontade de mudar. Depois de décadas governadas por forças conservadoras e reacionárias seu povo fez uma opção diferente. Quis tentar o novo. Talvez seguindo uma tendência nacional em optar por um governo mais popular, abrangente. Onde os que foram sempre esquecidos ou renegados voltassem a ser o motivo da opção política.
Cido Sério - PT é o novo prefeito eleito em Araçatuba neste último domingo. Comprometido com propostas que retomam a idéia de maior participação popular nas várias esféras da instância política muncipal, ele foi eleito por uma pequena e surpreendente margem de votos.
Abaixo disponibilizo texto do Jornal Folha da Região onde apresenta uma outra boa notícia; dos 12 vereadores que a câmara muncicipal tinha, apenas 3 retornam.


Araçatuba conhecida como cidade amiga é sede regional da 9ª Região Administrativa do Estado de São Paulo


Por Sérgio Guzzi


Araçatuba - Cido Sério (PT) é o novo prefeito de Araçatuba, eleito com 43.093 votos (43,02%). Numa disputa apertada contra Dilador Borges Damasceno (PSDB), que foi votado por 42.232 (42,16%) araçatubenses, e com uma vantagem de apenas 861 votos, o petista conseguiu quebrar, com sua eleição, um ciclo político que há 20 anos dominava o município.

Nas duas últimas décadas, comandaram Araçatuba Germínia Venturolli (PP), Domingos Andorfato (PSDB) e Jorge Maluly Netto (DEM). Nesse período, o eleitor local foi cultuado a rejeitar o novo. Precisou a cidade passar por uma verdadeira revolução administrativa para seus moradores se atentarem para a máxima de que mudar é preciso.

PRESSÁGIO
A cassação do ex-prefeito Maluly Netto, há exato um mês das eleições, foi o presságio de que Araçatuba passaria por mais mudanças neste 5 de outubro. Na disputa pelo comando da cidade estavam quatro nomes. Cido Sério e Dilador foram os que mais se destacaram. Ambos se apresentaram à população como novidades e desfiaram propostas das mais distintas para governar o município nos próximos quatro anos.

Antônio Edwaldo Dunga Costa (PMDB), que obteve 11.565 votos (11,55%), foi quem mais se decepcionou durante a corrida eleitoral. Candidato que tinha o apoio político de Maluly, após a queda do administrador ele viu ruir as chances de se eleger prefeito de Araçatuba. O peemedebista ficou, literalmente, sem chão, sem fortes aliados e sem injeção de dinheiro ao caixa de campanha. Terminou o pleito em terceiro lugar.

A candidatura de David Silas Lopes Prado (PTN) tinha como bandeira talvez o que o araçatubense mais quisesse expressar nas eleições deste ano: a revolta gerada por uma insatisfação com a atual situação da cidade, em vários sentidos e aspectos. De forma simples, sem grandes apoios e recursos financeiros, ele conquistou, a seu modo, votos de 3.280 (3,27%) araçatubenses.

A eleição de Cido Sério, desde o encerramento oficial da contagem dos votos, ontem à noite, é motivo das mais variadas perguntas e interpretações. Na sede dos cartórios da 11ª e 299ª zonas eleitorais, correligionários aliados e adversários faziam ontem à noite os seus questionamentos.

Prestes a ser governada pela primeira vez em sua história por um prefeito eleito pelo Partido dos Trabalhadores, Araçatuba amanhece nesta segunda-feira com a expectativa do que serão os próximos anos. A julgar pelas propostas do petista enquanto candidato, o que a população já espera é que o município se torne, a partir de janeiro, ao menos, uma cidade mais evoluída, bonita e sem tantos problemas de gestão, de buracos, saúde, transporte, desigualdade social e de pobreza, inclusive de espírito. Afinal, foi o próprio Cido Sério quem prometeu, por inúmeras vezes, fazer de Araçatuba uma cidade para todos.
Renovação na Câmara
Apenas três vereadores conseguem a reeleição

Da Redação

Apenas três vereadores da atual legislatura conseguiram se reeleger neste domingo (5) em Araçatuba: Professor Cláudio (2.671 votos), Arlindo Araújo (2.654) e Edval da Madeireira (2.531).

Retornam ao Legislativo Edna Flor - a mais votada, com 4.286 votos -, professora Durvalina (1.277), Joaquim da Santa Casa (2.768) e Cido Bixeiro (o terceiro mais votado, com 3.165 votos).

Dr. Nava (o segundo colocado,com 3.806 votos), Joel da Ambulância (3.124), Rivael Papinha (2.895), Olair Bosco (2.173) e Tieza (1.738) vão assumir pela primeira vez.

Um comentário:

investing penny stocks disse...

what happened to the other one?