terça-feira, 15 de julho de 2008

Um ano de jornalismo sério e de qualidade


Na contramão de uma tendência internacional, de diminuição de exemplares impressos por causa da internet, Le Monde Diplomatique Brasil chegou ao Brasil devagarsinho, sem publicidade e com muita pouca visibilidade. Inclusive nas bancas, pois seu formato de impressão impede muitas vezes que a revista esteja "em pé" na gôndola do jornaleiro ou de revistarias. Quantas vezes não a encontrei dobrada atrás de outras revistas?! De boca em boca a publicação foi conquistando seu espaço num "mar de publicações reacionárias", que geralmente estão muito pouco preocupados em discutir, com profundidade, os problemas e as soluções que nosso país precisa.

Tudo que é bom devemos comemorar, faz exatamente 1 ano que a publicação é impressa no Brasil e 11 meses que venho adquirindo os exemplares do "jornal", como eles gostam de se referir a publicação da LMD Brasil (não tenho a primeira edição). A ilustração deste post é do primeiro exemplar. A de 1 ano ainda não disponibilizaram na internet.


O convite já foi feito mais de uma vez para que adquiram a revista. Ou nas bancas ou através de assinatura anual , que deve estar por volta de 100 reais. A publicação além de abordar assuntos internacionais ( há também um caderno especial sobre América Latina) aborda discussões sobre o meio ambiente, desenvolvimento e políticas públicas. É uma publicação basicamente de opinião. Voltado para quem quer se aprofundar em assuntos que muitas vezes são tratados com muita superficialidade pela grande mída. Enfim, uma leitura de qualidade.


Veja abaixo o que já escrevemos sobre o Le Monde Diplomatique Brasil;

-

Le Monde Diplomatique no Brasil

-

Le Monde Diplomatique nas Bancas

-

Aumento do número de brasileiros na Legião Estrangeira

-

Mais;

-
IMPRENSA E UTOPIA
-

Nenhum comentário: